terça-feira, 25 de janeiro de 2011

The new

Você cai, mas em vez de levantar, continua caindo. Não adianta mais tentar de novo, todos sabem que você sempre fracassa. A desconfiança roubou o lugar da confiança e você está alerta.
Sua platéia já se foi e não há nenhuma ajuda, só você poderia se salvar. Mas você não quer isso, não é? Ela não tem importância nenhuma, o show é para si mesma.
Você queria que ele estivesse com você, no fundo você sente que ele nem sabe que você existe.
Cansou desse mundo de controvérsias e nem suas pílulas resolvem mais. De que adianta seus membros mortos, se você ainda consegue pensar?
Você queria liberdade, você a teve.
Você queria ser diferente, você foi.
Você queria enganar todos, você conseguiu.
Você queria  um segundo com ele, você teve. E depois? Você quis ele para a vida inteira, e esse foi o erro. Seus pedidos haviam acabado, seu tempo de senhora do mundo já se esgotaram. Seus pensamentos corroem sua mente e você sabe que essa morte será lenta.

2 comentários:

  1. Só eu sei o quanto eu me identifiquei com esse texto, nossa. Maravilhoso, parabéns, guria.

    ResponderExcluir